Projeto de lei para financiamento da ETA do Rio Jundiaí é aprovado

SAAE de Salto
ETA projetada será construída perto do Rio Jundiaí, próximo ao Bairro Nair Maria, em Salto

 

A Câmara de Salto aprovou na última terça-feira (3), o projeto de lei do Executivo que permitirá ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) obter financiamento junto ao Governo Federal para implantar uma Estação de Tratamento de Água próximo ao Jardim Nair Maria para coletar, tratar e distribuir a água do Rio Jundiaí.

Quando pronta, a nova Estação de Tratamento de Água de Salto será a terceira em funcionamento, sendo o maior investimento feito para ampliar o abastecimento de água da cidade desde o final dos anos 90, quando foi construída a ETA do Ribeirão Buru. “Salto terá água garantida pelas próximas décadas quando a nova ETA entrar em funcionamento”, explica Pérsio Augusto de Paula, superintendente do SAAE.
Salto tem hoje capacidade de fornecer água para até 120 mil habitantes.

Com a nova ETA, segundo estudos, será possível atender até 180 mil habitantes, o que significará um aumento de 50% da capacidade de Salto coletar, tratar e distribuir água para a população.

Informação – Visando mostrar aos vereadores a situação do rio Jundiaí e dar subsídios ao Legislativo, antes de votarem o projeto do Executivo, há alguns dias uma comitiva do Legislativo e de membros do SAAE e da Prefeitura, visitou a ETE de Indaiatuba, que já opera próxima de sua capacidade máxima.

Com o seu pleno funcionamento, tratando todo o esgoto de Indaiatuba, o Rio Jundiaí melhorará ainda mais.
Equipes da Caixa Econômica Federal também estiveram em audiência com os vereadores, explicando detalhes do financiamento pretendido, facilidades, vantagens e formas de pagamento.
Acompanhe o SAAE nas redes sociais: www.facebook.com/SAAESalto.

SAAE de Salto
Pérsio de Paula afirma que projeto em andamento beneficiará Salto por décadas
Fechar Menu