Lei em 2007 criou autarquia e permitiu avanços no atendimento da população

SAAE funciona atualmente na Rua Dr. Barros Júnior, 165, no centro, em um amplo prédio
SAAE funciona atualmente na Rua Dr. Barros Júnior, 165, no centro, em um amplo prédio

Até 2007 a cidade tinha um departamento de Água e Esgoto, onde os serviços eram realizados de forma amadora ou com pouco uso de técnicas de controle e logística eficaz para o bom atendimento da população. A lei, aprovada pela Câmara, durante a gestão de Geraldo Garcia, permitiu ao SAAE maior autonomia para agir, para ter sua própria vida financeira, para traçar suas ações com maior velocidade e sem depender dos trâmites próprios de um Poder Público.

Com a transformação do SAE em uma autarquia, o serviço passou a contar com gestão e recursos próprios e com um superintendente responsável, que se reporta diretamente ao prefeito, sem depender do aval de secretários. Todo o recurso oriundo das receitas do SAAE com o tratamento de água e afastamento de esgoto, fica na própria autarquia e é aplicado na melhoria e ampliação do sistema como um todo.

SAAE de Salto
SAAE responde pela captação, tratamento e distribuição da água à população

 

Os esforços para Salto ter sua rede própria de captação, tratamento e distribuição de água potável rementem ao começo do século XX.

Todavia, a cidade começou a contar com água, segundo o historiador Ettore Liberalesso, entre 1911 e 1912.

E isso graças à criação da Empresa de Água e Esgotos de Salto S/A, que datava de 1912.

Já naquela época, segundo o historiador, se decidia buscar a água do Ribeirão “Piraizinho”, que seria de muito melhor qualidade que a do Jundiaí.
O SAAE de Salto, funcionando atualmente à Rua Dr. Barros Júnior, 165, no centro, tem em seu quadro um total de 151 funcionários.

Criado há pouco mais de uma década, como autarquia, o SAAE funcionou, anteriormente, como um departamento da Secretaria de Obras.
Entenda – Ao ser elevado à autarquia, o SAAE ganhou autonomia, mantendo vida financeira e administrativa própria, retornando seus resultados fiscais para o próprio sistema de saneamento local.
Desde que foi elevado à autarquia, o SAAE de Salto tem personalidade jurídica, sede e foro em nossa comarca e compete a ele diretamente e com exclusividade, operar, manter, conservar e explorar os serviços públicos de água potável e de esgoto sanitário em todo município.
Assim, toda obra que implique interferência nos sistemas de água e esgoto (manutenção de ramais, por exemplo) somente poderá ser feita pelo SAAE, através de seus funcionários especialmente treinados para tanto ou com autorização do SAAE.
Sua administração é exercida por uma Diretoria nomeada por ato do prefeito municipal.
Saiba que a receita do SAAE provém dos valores arrecadados com consumo de água; utilização da rede de esgoto; tarifa ligações e religações de água e esgoto; disponibilidade das redes; contribuição de melhoria e outros decorrentes dos serviços prestados à população.
Objetivo – O objetivo do SAAE é manter um constante aperfeiçoamento técnico, para a completa satisfação da população de Salto.
Suas maiores preocupações, dentre tantas outras, são com relação:
– à aplicação dos melhores e mais modernos métodos visando manter a qualidade da água;
– à realização de obras para manutenção e ampliação do sistema de saneamento básico do município;
– ao atendimento de qualidade ao contribuinte, em espaços confortáveis e bem planejados;
– à implantação de programas e sistemas de informática, visando a otimização dos procedimentos internos;
– à racionalização no uso dos recursos financeiros, procurando sempre respeitar o dinheiro público.
Em síntese, o SAAE Serviço Autônomo de Água e Esgoto é um órgão público comprometido com o saneamento básico, procurando levar saúde e bem-estar à toda população.

Atendimento ao povo é ofertado na Rua Dr. Barros Júnior
Fechar Menu